terça-feira, 3 de agosto de 2010






Um grupo de turistas estavam em um barco indo para uma ilha deserta paradisíaca, mas perto da ilha o barco começou a afundar.

Desesperados colocaram o colete salva-vida e nadaram até a ilha, chegaram todos a salvo.

Muitos começaram a murmurar dizendo: "E agora como vamos sair desse deserto, não tem nada aqui, quem é que contratou esse barco velho, etc...".

Mas um deles disse: "Mas graças a Deus estamos vivos. E também imaginem se o barco afundasse no meio do mar? Estaríamos a deriva até agora, e alguns poderiam até perder a vida. Mas graças a Deus foi perto dessa ilha linda, maravilhosa e todos estão bem, então vamos fazer uma cabana para nós podermos passar a noite, porque eu soube que nessa região faz muito frio a noite".



Não querendo passar frio, todos começaram a buscar galhos, troncos e no final da tarde conseguiram fazer a cabaninha.

No meio da noite um dos que estavam murmurando disse: "Tá muito frio aqui, vou fazer uma fogueira".

E fez uma fogueira dentro da cabana, mas algo deu errado, a fogueira estava muito perto da parede improvisada da cabana, e de repente a cabana pegou fogo, e todos tiveram que sair correndo.



Começaram a reclamar:"Tá vendo, culpa é sua, quem mandou você fazer a fogueira dentro da cabana? Agora não temos nem onde dormir".

Todos começaram a acusá-lo.

Até que o homem que tinha dado a sugestão de fazer a cabana disse:"Tudo bem gente, a fogueirinha só esquentava uma pessoa, mas com esse incêndio podemos todos ficarmos aquecidos, graças a Deus por essa fogueira".

Disseram eles: "Cala a boca!!! Você é muito chato, só podia ser crente mesmo, se não fosse você não teríamos trabalhado a tarde inteira para que o todo esse trabalho se tornasse nesse incêndio, agora estamos perdidos, sem cabana, com fome e frio".

Eles passaram a noite perto daquele incêndio para se aquecerem.


Logo de manhã viram no horizonte um navio cruzeiro enorme se aproximando, euforicos começaram a gritar, jogar folhas e galhos para alto para chamar atenção.

O navio atracou na ilha e através de um barco chegaram na ilha para resgatá-los.

Eles pularam de alegria, se abraçaram e choraram, finalmente estavam a salvos.

Curiosos para saber como o pessoal do navio souberam que estavam nessa ilha deserta perguntaram: "Como vocês souberam que nós estávamos aqui?"

O capitão do navio resppondeu: "Recebemos um comunicado que havia um barco naufragado nessas águas, mas não sabíamos onde era, até que bem de longe vimos um fogaréu nessa ilha. Quem que teve essa brilhante idéia ? Queremos condecorá-lo"

Passaram 7 dias num cruzeiro maravilhoso e o melhor, tudo de graça.

Queridos!, nem tudo que parece ser ruim é ruim. Confie em Deus e sempre dê graça.

Aquele que começou a boa obra vai terminar até o dia de Cristo Jesus.

Tudo coopera para o bem para aqueles que o amam.

Em 2 Co 4.17 diz:

pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.

Aleluia confie em J E S U S

Um comentário:

carol disse...

Linda a historia pastor
é aquilo la hj nao sabemos uq estamos passando mais ,mais tarde e entederemos

realmente Deus é D+ e Todo poderoso para fazer infinitamente mais do q pedimos ou pensamos

bjuss

Postar um comentário

Newer Posts Older Posts